sexta-feira, 7 de setembro de 2012

A Culpa é das Estrelas - John Green

Título: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Páginas: 288
Editora: Intrínseca
Ano de lançamento no Brasil: 2012


Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.





A Culpa das Estrelas. O livro que se pronunciado o nome, várias blogueras se molham (chorando é claro). Querido por muitos, adorados por outros, e decepcionante pra mim. Okay.

Sempre tem aquele livro que é modinha, e vou ler e acho uma porcaria, e me pergunto como o autor (a) criou uma estória tão falsa. (aconteceu com O Céu Está em Todo Lugar e agora ACEDE). Okay

Comecei a leitura muito confiante que irei gostar amar e seria meu favorito de todos os meus tempos. Seguindo este pensamento iniciei a leitura, e no decorrer do final de um capítulo, parei e pensei “HAZEL COMO VOCÊ VAI NA CASA DE UMA PESSOA QUE ACABOU DE CONHECER PARA VER UM MALDITO FILME?!” Nesse momento percebi que não captei a essência do livro e que não iria gostar.
E não gostei mesmo da estória, ela é clichê e o diferencial é a escrita do John Green e outro fator que se contar será uma bomba de spoiller. Acredito que não entrei no clima de ACEDE, pois tanta resenha positiva não significa que você irá gostar do livro. A Culpa é das Resenhas. Talvez, mas também meu senso critico sempre aumenta com livros que são modinhas. Okay

Talvez você possa gostar do livro, o que não foi o meu caso. Mas garanto que a escrita do Green é boa e que terá resenha de outros livros dele (não em breve, mas terá).Okay

PS: Desculpem pelo nível de Okays na resenha, mas precisa de um motivo para falar do Okay. Foi poucas vezes usado no livro e não vi um motivo para ser tão destacado por aí como fonte de divulgação do livro.

5 comentários:

  1. Tbm sou assim com as modinhas, aí fica a minha dúvida, será q a galera não anda avaliando mal os livros? Pq vejo mtos livros sendo tidos como o bambambam e na hora que vou ler é tão clichê qto mil outros que todo mundo criticou.
    Talvez seja o fato das pessoas gostarem do autor e não sabem separar qdo um livro é bom de um ruim, vejo isso acontecendo com a Meg.

    Tbm acho que este não será um livro q vou amar, por isso ainda não li.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Poxa, que pena que não gostou do livro. Eu simplesmente amei. E a Hazel é louca mesmo, nem conhecia ele direito e já foi para a casa dele assistir filme D: UAHSUAHSA Mas enfim, eu amei do mesmo jeito. Espero que sua próxima leitura seja mais interessante :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  3. Oi Lipe, eu realmente não deveria ter lido a sua resenha, agora foi. Eu achei o assunto do livro interessante sem falar que a escrita de John pelos comentários que li é excelente. Decidido. Vou ler "A Culpa é das Estrelas para ver se concordo com você.

    Leonardo Oliveira - http://weboysforlife.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aprendi a não ligar mais pra modinhas depois de quebrar a cara. Eu não queri aler esse livro porque não fez meu estilo só pela sinopse. E lendo sua resenha não vou mudar de ideia.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  5. Pois é Lipe Ralf, eu gostei do livro, mas dizer que foi um ohhhhhhhhhhhhhhh, eu estaria exagerando. Okay?

    ResponderExcluir

Comente, você estará me deixando mais feliz.

 

r Layout por PamFardin